Suspiro

Não sei quem sou. Não sou herói. Não sou gente grande. Não sou bem formado. Não sou educado. Não sou poeta. Não sou mascarado. Não sou magistrado. Não sou ministro. Não sou presidente. Não sou competente. Não sou indulgente. Não sou gente também não. Não sou pouca coisa. Nem muita coisa também. Também pode ser negativo? Não sou de ter dúvida. Me contradigo. Sou de ter dúvida. Não sou professor. Não sou certo. Não sou errado. Não sou seco nem molhado. Não sou quente nem frio. Não sou pouca esperança pra coitado qualquer. Não sou o projeto de um grande homem. Não sou um prospecto. Não sou uma mera visão. Não é comigo que se ganha teu pão. Não sou cavalheiro. Não sou escritor. Escrevo de sacana, de gozação ao senhor. Não m’ofereça a hóstia, porqu’a mastigarei. Não me ofereça. Não reze a prece comigo. Não sou orador. Não me dê o castigo. Não me mostre pudor. Fique bem sem vergonha. Não gosto de ninguém. Não me faça de mestre. Não me faça de obediente. Me livre os dedos. Me livre as mãos. Me cegue os olhos. Me entorpeça a consciência. Me venere. Me obedeça. Me ordene. Me mostre o caminho. Me responda a pergunta. Me fale o que eu quero ouvir. Não escreva, não quero ler, fale, que é melhor. Não me cale o medo, deixe que me engula. Não tenho cura. Não me cure venha a acha-la, que eu temo a sanidade. Me ache jogado e me deixe no chão. Me jogue no poço e o feche com gosto. Não me conte mentira nenhuma. Me minta só se for sobre o tempo. Não me faça mais nada. Me trate de bem. Me ame descarada, que eu também já não tenho mais cara nenhuma. Me caíram as máscaras e as más caras, que caiam as tuas também. Desmascare a coitada. E se acabarem as máscaras, que cubram o rosto com a mão. E se tiverem angústia, cubram com o coração. E se estiverem com ânsia, cubram c’uma paixão. E se estiverem com raiva, cubram com um vilão. E se estiverem pelados, cubram com um calção. Farei limonadas! Mas agora chupo só o limão. E estou no bagaço. E como a casca. E engulo as unhas. E digiro os dedos. E mastigo os punhos. E percebo que já comi-me os braços inteiros. Me ame! Me ame alto e sem caráter. Não recite tua paixão, só a grite para mim. Afinada, de preferência, que já estou velho para qualidade pouca. Não se importe comigo. Me deixe num canto. Me deixe quietinho. Não me faça carinho. Me deixe sofrer. Me deixe passar frio. Não quero teu corpo. Me deixe com fome. Não me peça socorros. Não posso ajudar, o máximo que consigo é deixar ser ajudado. Não alegue egoísmo. Não proclame loucura. Não se desespere, você não me perdeu. Também nunca me ganhou. Sou assim, desgrenhado, desprendido, desacertado, desiludido, descentralizado, excomungado de nascença. Batizaram minha testa, não sou má influência. Minha fluência que é má. Me ensine teu idioma, que o meu já não me deixa em paz. Me persegue e atormenta. Me maltrata. Me amordaça. Quanto mais o domino, mas dominado por ele fico. Não me ponha uma máquina na frente. Não sei o que sou capaz de fazer. Não me leia esta merda, foi somente um suspiro meu. Suspire você também. Bem aqui, no meu pescoço. Suspire firme e quente, suspire toda a tristeza e vontade que guarda dentro de si. Suspire as mágoas, as invejas, os sonhos. Suspire aquilo que lhe faz acreditar não ser humano. Suspire o monstro. Suspire aquilo e só aquilo que suspira na cama, no escuro, sozinho e afogado. Suspire o que não suspiraria nem a si mesmo. Suspire o insuspirável. Suspire tudo. Somente então me acalmarei. Somente então me poderá chamar de louco. Porque somente então saberei não só a minha loucura, mas também a loucura dos outros. Somente então saberei ser feliz e infinito. Somente então me poderá tirar do canto, me levantará do chão e me tirará o limão da boca. E então, meu amado, faça comigo e de mim o que bem entender…

-2013

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s