do prêmio derradeiro

Sou o pior,
Sou o menos,
O esquecido depois de todos,
Aquele por último, vês?

O coitado no escuro,
De quem não lembraram os que foram à luz.
Não lembras de mim, lembras?

Foram todos ser melhores,
Melhores que os melhores,

E esqueceram para sempre do pior dos piores,
Feliz com o título de mais pior de todos.

-2013

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s