cortina

Hoje a chuva acortina a vista do meu quarto e eu fico preso na Terra. Ela acortina também a minha alma, e eu fico preso na minha angústia não dita. E finalmente, antes de fechar minha janela, ela acortina o saber do meu querer e eu fico preso no escuro da minha desesperança.

-2013

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s